Skip to content

The Mean Reds

08/08/2010


Holly Golightly: You know those days when you get the mean reds?
Paul Varjak: The mean reds, you mean like the blues?
Holly Golightly: No. The blues are because you’re getting fat and maybe it’s been raining too long, you’re just sad that’s all. The mean reds are horrible. Suddenly you’re afraid and you don’t know what you’re afraid of. Do you ever get that feeling?
Paul Varjak: Sure.
Holly Golightly: Well, when I get it the only thing that does any good is to jump in a cab and go to Tiffany’s. Calms me down right away. The quietness and the proud look of it; nothing very bad could happen to you there. If I could find a real-life place that’d make me feel like Tiffany’s, then – then I’d buy some furniture and give the cat a name!

Hoje acordei irritada, exausta e esfomeada por mudanças. Continuei deitada por um tempo. E passei a sentir-me triste, desolada e só. Levantei-me sem apetite, com o almoço pronto. Sentei-me na frente do computador e resolvi ir contra mim e não fazer nada do que eu deveria fazer neste início de tarde. Tiago estava aqui, e falamos de coisas tantas, apesar de toda minha desatenção.
I just got the mean reds, pensei.
E fui atrás de Holly Golightly pelo youtube e revi seus diálogos e suas sentenças. Como amo este filme! E consequentemente, como apaixono-me fácil pelos seus personagens! E também por Audrey Hepburn. O jeito que ela fala faz-me sentir. Está tudo na entonação. Só posso entender o que alguém diz pela forma com que diz. Seja um personagem, um ator, uma dublagem, um amor, um amigo, ou uma vozinha que me dá ordens internamente. Está tudo no tom.
E assim, repito como ela; Imitando-a no jeito de falar.
A quem não assistiu o filme: assista.
E se também está num dia ruim, pense num lugar que te traga quietude. Olhe o mar (caso o tenha por perto), o movimento da cidade, ou vá tomar um chá. Permita-se ficar quieto e saia de casa! Qualquer coisa, me ligue e podemos conversar. Ou não… Não sei se estou num dia muito bom para alguém. Mas será que por acaso… Eu poderia lhe pedir ajuda, então? Na verdade acho que pessoas tristes quando se juntam, inexplicavelmente se entendem.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: